OpusDramma: vídeo raro em homenagem aos guitarristas é disponibilizado no Youtube

Foto por Aline Jechow


Acaba de ser disponibilizado pelo vocalista Alex Voorhees (Imago Mortis, Esfinge) um vídeo de um ensaio da banda Khaos, que deu origem ao atual OPUSDRAMMA. Gravado em 2013, o vídeo mostra o grupo tocando duas composições de Ivan Zukauskas (falecido em março de 2020), eterno guitarrista do Astaroth. Na época, além de Ivan, o Khaos era composto por Alex Voorhees (vocal), Ricardo “Malcom” Aronne (guitarra, Black Triad, ex-Spartacus – falecido em agosto de 2017), Marco Di Martino (baixo, Spartacus) e Roberto Arbo (bateria, Astaroth). “Caos” e “Cérbero” – as duas compostas na década de 1980 – mostram não apenas os passos iniciais do OPUSDRAMMA, mas também uma reunião de antigos amigos e sobretudo de pioneiros do metal gaúcho, oriundos de bandas clássicas e que tinham como foco cantar em nossa língua natal. Esfinge, Spartacus e Astaroth marcaram a história do som pesado criado no Rio Grande do Sul e forjando clássicos até hoje idolatrados pelos headbangers.

O frontman do Imago Mortis relembra aquela fase inicial do projeto, nos idos de 2013 e tudo o que se seguiu: “Na época do convite havia me mudado recentemente do Rio de Janeiro, por onde vivi por cerca de 25 anos, para a cidade de Gravataí, RS. Neste período eu estava querendo rever amizades e também, vamos dizer assim, "fazer um som" pela região. Sou vocalista de metal desde que me conheço por gente e já era admirador de bandas antigas da região como o Astaroth e Spartacus. Após um convite de Maicon Leite para conhecer um super grupo reunindo integrantes da formação original de ambos os grupos, não pude recusar, fui conferir e a galera gostou, fizemos vários ensaios. Porém no mesmo período precisei voltar para o Rio pois eu havia me tornado sócio de um clube noturno na região da Costa Verde, com um amigo americano. Depois de uns 7 meses o clube acabou não dando certo e retornei ao RS, mas daí a banda já tinha seguido sem mim. Mas a admiração sempre se manteve. Foi uma pena o falecimento de Ivan e Aronne e como eu tinha esse registro, resolvi postar como homenagem”.

Assista ao vídeo:

De 2013 para cá o projeto sofreu vários revezes, mudando de nome, formação e comunicando o triste falecimento dos guitarristas Ricardo “Malcom” Aronne e Ivan Zukauskas, até culminar com o lançamento de “Réquiem para Narciso”, álbum que define o OPUSDRAMMA como uma das principais bandas de heavy metal tradicional no Rio Grande do Sul. O álbum é composto de oito faixas no track list normal, mais duas de bônus track, “Locomotive Breath”, do Jethro Tull e uma versão intitulada "Tango Tributo" para “Years of Solitude”, de Astor Piazzola e Gerry Mulligan do disco “Summit” (1974). Das composições da banda Spartacus, o OPUSDRAMMA fez novas versões para “Sombra da Solidão”, “Sem Cessar (O Destino da Humanidade)”, “No Sul da América Antártida” e “Sob a Sentença, um Carrasco”.  Hoje o grupo lamenta o fato de não poder fazer um show de lançamento devido à pandemia, mas promete recuperar o tempo perdido assim que a situação de normalizar.


Ouça o álbum no Spotify:

Contatos:
Facebook: www.facebook.com/rockdramma
Youtube: https://bit.ly/OpusDrammaYT
Bandcamp: www.opusdramma.bandcamp.com
Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Fonte: Wargods Press
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.