Aberratio - “Aberratio” (Poços de Caldas/MG) (Álbum) (Nacional - 2016) (Vários Selos)


O death metal vomitado pelo Aberratio é daqueles crus e ásperos que causa repulsa em qualquer ouvido de porcelana, isso mesmo, death metal no estilo velha escola. O debut do quarteto de poços de Caldas/MG foi lançado em 2016(sendo que a banda começou as atividades em 2013), trata-se de um full-lenght autointitulado e composto por 09 ataques mundanos.

Logo de início vem uma das melhores porradas, “Nitimur in Vetitum”, que descreve bem as palavras acima citadas e faz um resumo do que está por vir: riffs brutais, aliado a uma cozinha matadora e o vocal gutural com algumas variações. “Chernobyl” e “Assyrians” tem riffs simples e calcados no black metal, com pouca variação e o baixo com grande destaque, gostei dessa proposta simples e direta. No mais encontrei “Headless Philosofer”, “Christian Aberration”(trabalhada numa linha cadenciada), “Politics for Politicians”, “Alienation”, “Shit Man” e “Satan Doom” todas nessa linha tradicional podre e tradicional, mostrando que o quarteto estava bem inspirado e com as influências mais devassas do metal extremo.

Sem dúvida essa linha de som é uma das mais podres que existem no heavy metal, soar com essas influências vinda das tumbas do 80’s e ainda trazer aquela áurea à tona não é pra qualquer um. Sem mais delongas, é se esbaldar com esse disco brutal e cruzar os dedos para mais maldições vinda das entranhas da Aberratio.


Músicas:
01. Nitimur in Vetitum
02. Chernobyl
03. Headless Philosopher
04. Christian Aberration
05. Politics for Politicians
06. Alienation
07. Shit Man
08. Assyrians
09. Satan Doom

Formação:
David Andrade (vocal)
Júlio Cesar (guitarra)
Nathan Franco (baixo)
Yuri Almeida (bateria)

Acompanhe a Aberratio através das redes:
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.