Ophicina de Sonhos: “Virtual Insanity é o tipo de música abominável pela indústria fonográfica”


A banda Ophicina de Sonhos (Maceió) está preparando mais uma nova música para soltar nas plataformas digitais nos próximos meses. Depois da boa repercussão do single “Virtual Insanity” o Power trio de Rock Progressivo do Nordeste se preparar para novos desafios e para falar um pouco desse futuro que está por vir a banda falou com a web rádio Rock Freeday.

Confira um trecho da entrevista abaixo:

RF – Virtual Insanity é o segundo single do grupo. Conte como foi o processo de gravação e quais critérios a Ophicina leva na hora de compor uma música?
ODS - Não existe uma regra ou método na hora de compor, essas coisas surgem nos enxergamos como veículos, e por meio de nossas habilidades enquanto artistas que a mensagem é passada, acreditamos que isso possa ajudar a modificar a vida das pessoas, a música é vista por nós como uma ferramenta, uma forma de superar todas as nossas dificuldades, frustrações, traumas e outros tantos desafios que passamos nessa experiência na terra, e se nos ajuda pode ajudar outras pessoas e essa é a nossa maior satisfação, Virtual Insanity é o tipo de música abominável pela  indústria fonográfica pois foi gravada de forma simples em um home estúdio (ambiente que adoramos)sem o grande aparato financeiro sendo a mesma fruto do talento dos músicos e engenheiros de som envolvidos no trabalho, não vem de “artistas” que estão prontos para serem vendidos  ao mercado ou apenas querem ser desejados de forma insana pelos fãs, como tudo no universo parte do mais simples, ela representa uma pequena parte de algo muito maior que está por vir.  

Confira a entrevista completa no site: www.rockfreeday.com

Fonte Rock Freeday
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.