Sad Theory - “Entropia Humana Final” (Curitiba/PR) (Álbum) (Nacional - 2017) (Mindscrape Records)


Sad Theory é uma banda pra se ouvir, sentir e entender. O quinteto paranaense em seu ultimo álbum “Entropia Humana Final” (2017) nos presenteia com um progressivo death metal recheado de melodias e a parte lírica se igualando à sonoridade em relação a qualidade: são letras bem escritas e abordando diversos pontos da história da humanidade, fatos do nazismo à ditadura comunista, como também outros pontos como a guerra do vietnã e o genocídio cambodiano, e sem idolatria política o que é melhor. As melodias na sonoridade dão um ar de penúria a essas histórias de total brutalidade de humanos para com humanos.

“Willard Suitcases”, “Inanição” (os vocais limpos arregaçaram), “Punhais Longos, Cortes Profundos”, “A Cadela de Buchenwald” e “A Alvorada das Hienas” são pontos fortes do disco, vale destacar a criatividades dos músicos nos arranjos e nos riffs, mas um ponto importante também é o vocal que, mesmo gutural, tem uma boa dicção e como quase todas as letras são em português caiu muito bem.

O bom de fazer esse trampo com resenhas é que vez ou outra me deparo com umas pérolas, e aqui estou diante de uma delas. A banda, que até então não conhecia, já é uma veterana no underground (desde 1998) e o mais surpreendente é que “Entropia Humana Final” já é o sexto full lançado. Esse álbum traz uma boa produção sonora, assim com a arte de capa que é bem direta e ao julgar por todos os pormenores julgados creio que a parte gráfica também esteja a altura de todo o contexto (já que não tive acesso a disco físico). Enfim, é um disco pra quem enxerga o metal como arte, já que nesse caso seria um desperdício ouvir só pela sonoridade.

Músicas:
1. Willard Suitcases
2. Antífona
3. Maestro
4. Inanição
5. Punhais Longos, Cortes Profundos
6. A Cadela de Buchenwald
7. Occipício
8. A Alvorada das Hienas
9. S-21
10. Before my Turn, Agonizing
11. Entropia Humana Final


Integrantes:
Cláudio Rovel (Vocal)
Alysson Irala (Guitarras)
Wenttor Collete (Guitarras)
Daniel Franco (Baixo)
Jefferson Verdani (Bateria)

Acompanhe a Sad Theory através das redes:
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.