Entrevista exclusiva com Axecuter - CANGAÇO RÁDIO ROCK

Entrevista exclusiva com Axecuter


Cangaço Rádio Rock: Muito obrigado pelo tempo cedido para esta entrevista. Primeiramente, gostaria que falasse um pouco mais sobre a atual formação do AXECUTER, acreditam ser a mais consolidada desde o início da banda?
Danmented: Obrigado a vocês pelo espaço e pelo papo aqui. A atual formação está junta há mais de 2 anos, isso é ótimo! O entrosamento musical e a ‘brodagem’ só tende a aumentar, isso tem sido muito bom pra banda. E eu ainda sou amigo de todos os ex-integrantes, isso é ótimo também.  

Cangaço Rádio Rock: Vamos falar sobre o atual trabalho de vocês, o álbum ao vivo “A Night Of Axecution”, como surgiu a ideia de lançar um ‘live’? E como o grupo escolheu o repertório?
Rascal: A ideia surgiu quando tocamos no Otacílio Rock Festival, a ideia era captar o som e ver como ficava. Quando escutamos esse som, percebemos a diferença na entrega do nosso som em estúdio e ao vivo. Daí nos planejamos para uma data em Curitiba/PR com o Ambush (SWE) pra fazer o registro. Pensamos em dar essa opção a quem, por alguma razão, nunca conseguiu nos ver/ouvir ao vivo. Outro ponto é que são poucas as bandas no underground que se aventuram a fazer um lançamento ao vivo e daí pensamos: “Por que não?”. O repertório era o de momento na ‘Corotour’, tentando trazer os sons novos a serem divulgados, sem deixar de lado os sons mais antigos que a galera curte também. É difícil encontrar um repertório de 40 minutos que represente a banda e sua história de forma plena. Tentamos fazer nosso melhor quanto a isso, com a realidade que temos.

Cangaço Rádio Rock: Quando ouvi o “A Night Of Axecution” devo dizer que fiquei impressionado com a captação dos instrumentos e qualidade de gravação. Conte-nos, como vocês trabalharam nisso – sabendo das dificuldades que encontramos hoje em dia no cenário underground brasileiro?
Rascal: Esse dia foi bem louco! Durante todo o dia tivemos que lidar com problemas técnicos e de logística que nos foram impostos.
Danmented: Quando ouvimos a gravação crua, ficamos bem desapontados, porque o cara que captou é meio burro (RISOS)! Felizmente, a mixagem salvou o material e ficamos muito satisfeitos, foi o melhor resultado possível. 


Cangaço Rádio Rock: Como tem sido a recepção da imprensa especializada acerca deste material? 
Danmented: A maioria das resenhas está sendo bem positiva, o que nos deixa bem empolgados. 
Rascal: As resenhas têm sido positivas e o que a banda vem produzindo com essa formação vem agradando, o que nos anima para lançar o próximo full.

Cangaço Rádio Rock: E quanto ao público, acreditam que este material esteja ganhando a procura esperada?
Rascal: Não temos como viver do Spotify, o contrato prevê um retorno muito baixo, só serve mesmo para ter visibilidade. O dinheiro para continuarmos fazendo o que fazemos vem de venda de merchandising, nós lançamos um CD gravado de maneira profissional, prensado de maneira profissional e com arte profissional. Vendido a 15 reais! E mesmo assim tem gente que torce o nariz para pagar isso. Triste, mas, sinceramente? Que se fodam! As vendas não estão ruins, mas, com tanta gente que arrota que ajuda o underground e com quantidade de tapinhas nas costas que recebemos, deveríamos estar ricos já (risos).

A Night Of Axecution” no Spotify: https://open.spotify.com/album/040phYqUU7NkpOSrTQDT21

Cangaço Rádio Rock: O AXECUTER possui um grande respeito em países europeus e nos vizinhos sul-americanos. Vocês já cogitaram uma turnê por estes lugares?
Danmented: Queremos MUITO tocar em outros países, tudo depende basicamente dos convites e das condições. Há tempos estamos planejando uma turnê pelo Norte/Nordeste ou em algum país da América do Sul, até booking pela Europa já cogitamos, mas nada está decidido por enquanto. 

Cangaço Rádio Rock: Após este trabalho ao vivo, vocês já começam a planejar um novo full length gravado em estúdio? Como anda a parte de novas composições?
Rascal: Esse ano demos um brecada na quantidade de shows e estamos acelerando o processo de finalização das músicas para o disco novo. A ideia é gravar em janeiro e lançar no primeiro semestre de 2019. A química tem funcionado muito bem, as ideias estão fluindo e a ansiedade para ter esse material disponível para o público já é grande.

Cangaço Rádio Rock: Li algumas resenhas, e notei que nenhum site percebeu que ao final do CD, ele continua rodando e surge um grito estranho do nada e aí sim o álbum termina. Se não for estranho, poderia falar algumas linhas sobre isso?
Danmented: Hahahahah! Você foi o primeiro a comentar sobre isso, valeu! Esse grito estranho é de um amigo nosso que estava no palco no nosso show no Otacílio Rock Festival e gritou o refrão da música “The Axecuter”, mas ele gritou na hora errada e ficou um grito bem aleatório no meio da música. Ele tenta gritar “I am the Axecuteeeeer", acabou ficando muito cômico, então resolvemos eternizar esse momento colocando no final do CD. Existe outra zoeira no final da música “Bangers Prevail”: a captação do som do público no nosso show não foi feita adequadamente, fica a impressão de que o local estava vazio! Então resolvemos incluir os gritos de um show grande, o áudio foi roubado do álbum ao vivo do Slayer, é uma zoeira com a cara do Axecuter (risos).

Cangaço Rádio Rock: O AXECUTER sempre frisou que gosta usar do bom humor para fazer suas músicas, e também li em alguma entrevista que a capa do “Raise The Axe” não passou de uma brincadeira. Vendo isso, vocês acham que toda a repercussão daquele disco foi positiva ou negativa no sentido de vendas e alcance da banda em determinados lugares?
Danmented: Algumas pessoas são estúpidas e se ofendem por qualquer coisa.  Nós odiamos os álbuns que aparecem nessa capa, então foi como uma “vingança” nossa pela raiva que sentimos cada vez que lembramos que essas bandas existem (risos)! Nós temos amigos que gostam dessas merd... digo, dessas bandas e eles sabem que tudo não passa de zoeira. Tem que ser muito imbecil pra achar que nós estamos com inveja dessas bandas ou estamos querendo aparecer desmerecendo o trabalho delas… enfim, se a gente quiser, pode até rolar uma capa do tipo “Raise the axe parte 2”, que se foda! Muitas pessoas odeiam essa capa e muitas consideram uma capa que lava a alma de qualquer headbanger. Seja como for, nós ousamos dar o nosso recado, fizemos do nosso jeito.

Cangaço Rádio Rock: Novamente muito obrigado por esta entrevista e deixamos este espaço para as considerações finais.
Rascal: Gostaria de primeiramente agradecer o espaço e dizer para os bangers que curtem o Axecuter que continuem nos ajudando a manter o sonho vivo e o machado levantado. Logo, teremos material novinho em folha e um show com várias novidades. Literalmente, paguem pra ver e vocês não irão se arrepender!

AXECUTER é:
DANMENTED – guitarra e vocal
RASCAL – baixo
VERDANI – bateria 

Sites relacionados
https://www.facebook.com/axecuter/ 
https://axecutermetal.bandcamp.com/ 
https://www.sanguefrioproducoes.com/bandas/Axecuter/24

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.