Heavy Metal em família: avó de Fábio Caldeira é convidada especial em novo álbum do Maestrick

Crédito Foto: Sarina Lopes (Maestrick)

"Espresso Della Vita: Solare" está sendo produzido por Adair Daufembach (Project46, John Wayne, Hangar)


"Espresso Della Vita: Solare", novo disco de estúdio do grupo de rock/metal progressivo Maestrick, está em fase final de mixagem.
O novo trabalho será sucessor do aclamado álbum de estreia, "Unpuzzle!", e do EP "The Trick Side Of Some Songs" que o grupo lançou recentemente reunindo versões para clássicos dos Beatles, Yes, Jethro Tull, Pink Floyd, Queen e Rainbow.

Previsto para esse segundo semestre, "Espresso Della Vita: Solare" é a primeira parte de um disco duplo conceitual e traz uma observação da vida humana na perspectiva de uma viagem de trem.

O disco tem a produção de Adair Daufembach (Project46, John Wayne, Hangar) que também é o encarregado de gravar todas as guitarras do álbum. 

Considerando as informações já divulgadas, fica cada vez mais evidente que "Espresso Della Vita: Solare" será uma obra que foge do convencional, por isso mesmo acaba sendo naturalmente ousada e complexa. Só para relembrar, na música “Hijos de La Tierra” há participações de sete músicos de quatro países diferentes das Américas do Norte e Sul - entre elas a da vocalista Cinthia Santibañes do Crisalida. Para as gravações de corais e orquestrações que aparecem no decorrer de todo o álbum, são mais de 20 músicos envolvidos! 

Para cada instrumento o grupo fez questão de contar com um especialista, caso do percussionista Fernando Freitas, professor do Projeto Guri, que aparece como convidado especial no álbum.
E o grupo não fugiu à regra quando decidiu explorar os timbres de instrumentos pouco usuais no metal ou mesmo no rock progressivo, como é o caso do banjo, dobro e ukulele. Para isso convidou dois músicos da banda de rockgrass MrMaze, Rodrigo Pimentel (Banjo e Dobro) e Leonardo Almeida (Ukulele).

Ao contrário de práticas mercantilistas que priorizam convidados de apelo popular com o objetivo de agregar valor comercial ao disco, o Maestrick prioriza o valor simbólico e subjetivo de sua música, de forma que todos os convidados do álbum necessariamente trazem alguma relação pessoal com os músicos da banda. O caso mais fiel disso é a última – e não menos importante - participação que a banda vem agora anunciar, a da Dona Rose, avó do vocalista Fábio Caldeira.

Dona Rose canta um trecho da música “Penitência”, a única de "Espresso Della Vita: Solare" com letra em português, uma das mais pesadas do álbum e repleta de elementos da música brasileira. 
A participação de Dona Rose tem um sentido simbólico muito importante para o álbum. Em "Espresso Della Vita: Solare", Dona Rose é um arquétipo de identidade, um elo entre o passado e o futuro do Maestrick. Foi em sua casa que o Maestrick surgiu. Foi num cômodo anexo à casa de Dona Rose em São José do Rio Preto que o neto Fábio e o baixista Renato Montanha iniciaram os primeiros ensaios quando tinham cerca de 13 anos de idade. E lá nasceram muitas músicas. Foi lá também que Heitor Matos fez seu teste para ser o novo baterista da banda. E apesar do barulho, ao fim de cada ensaio lá estava Dona Rose levando café, refrigerante e bolo para os “moleques metaleiros”. 

Fabio, Montanha e Heitor voltaram à casa de Dona Rose para registrar um pequeno vídeo que traz depoimentos emocionantes de todos, com detalhes sobre o período em que a banda ensaiava lá e da participação em "Espresso Della Vita: Solare". Para conferir, basta acessarhttps://youtu.be/BQz-cX_FJMc

"Espresso Della Vita: Solare" será lançado em 2017 em data a ser divulgada. Novas informações sobre outras participações especiais, capa e tracklist serão divulgadas em breve.

Mais Informações:
www.maestrick.com.br 
www.facebook.com/maestrick
www.twitter.com/maestrick
www.youtube.com/maestrickofficial 

Fonte: Som do Darma

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.