EROC - “Filhos Do Caos” (Recife/PE) (Álbum) (Nacional - 2017) (Independente)


Som pesado, violento, cheio de groove, cantado em português e com letras super atuais que traduz bem a realidade vivida diariamente por todos nós: esse é o som da EROC. A banda oriunda de Recife/PE soltou o primeiro full esse ano, intitulado “Filhos Do Caos”, lançado de forma independente. O Thrash metal do grupo traz bastantes pitadas de death metal, vocal rasgado(ora gritado), guitarra destilando carradas de riffs, baixão sempre marcando e uma bateria nervosa, ou seja, violência do início ao fim.

O material apresenta 09 faixas, sendo uma um instrumental (uma introdução intitulada “Rumores Do Caos”) e em meio a umas vinhetas temáticas os caras destroem tudo, destruição que já começa com “Indulgência” que entre uma variação e outra, usam bastantes elementos do death metal nos riffs cortantes e nos tradicionais blast beats. Outro som que merece destaque é “Missa macabra”, depois de uma vinheta onde se ouvem sons de uma missa cristã em meios a ritos satânicos a banda destila um violento thrash onde aborda fortes críticas a pedofilia dentro da Igreja, em meio a um riff e outro, esse som me fez lembrar o Sepultura na fase do Chaos A.D.. Já “Caos” mescla partes violentas em meio a cadenciadas e mais uma vez uma letra bem direta. O disco encerra com “Sentença De Morte” e aqui temos mais um ataque bruto, onde fazem algumas variações até encerrar colocando todo mundo pra banguear. Outros sons que fazem parte desse material são: “Desespero”, “Revolta”, “Nada A Perder” e “Mutilação”. 

 “Filhos Do Caos” é um material que tem uma boa produção, que deixa nítida a proposta da banda, além da arte de capa que diz muito sobre a temática. O quarteto pernambucano estreio com o pé direito, isso mostra dedicação e empenho no que fazem e o resultado vem com as várias apresentações quem têm feito pela capital e cidades vizinhas.

Ouça a faixa “Missa Macabra”:


Músicas:
1. Rumores do Caos
2. Indulgência
3. Desespero
4. Revolta
5. Missa Macabra
6. Caos
7. Nada a Perder
8. Multilação
9. Sentença de Morte


Integrantes:
Eduardo Silva (Vocais)
Almir Matoso (Guitarras)
Rodrigo Cirilo (Baixo)
Bruno Gomes (Bateria)

Acompanhe EROC através das redes:
www.facebook.com/EROCMETAL/
www.soundcloud.com/erocmetal
www.youtube.com/channel/UCn4eTsuQtxAWSXeXaI7V1cg

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.