Dark Tower - "Eight Spears" (Rio de Janeiro/RJ) (CD - Álbum) (2016 - Nacional) (Black Legion Productions/Lab 6 Music)


A cena metal no Brasil a cada dia se profissionaliza mais e isso fica nítido nos trabalhos de bandas como o Dark Tower, por exemplo, que em 2016 lançou seu segundo álbum e certamente já ta fincado como um dos melhores lançamentos de 2016. Lançado via Black Legion Prods/Lab 6 Music, o album chama-se “Eight Spears” e dispõe de 09 faixas do mais extremo death/black metal, ora melódico, ora cru porém sempre técnico e bem arranjado, é incrível a técnica de todos os músicos, todo o cuidado que tiveram com esse material, das artes às músicas, tudo ficou milimetricamente encaixado. Conheci a banda a pouco tempo, logo depois de anunciarem uma turnê  por alguns estados do nordeste, fui conferir os sons e de cara me deparei com “Destroy the House of Ha'shem” em um lyric vídeo disponível no youtube (música que faz parte desse recém lançado álbum) e essa música é bem um resumo do que é a sonoridade dos caras, puta ataque violento e bem trampado que no disco ficou como a segunda faixa já que antes tem um prelúdio instrumental intitulado “Eight Paths - Initiation”; “Burn The Pyre” da continuação no caos de forma vigorosa e massacrante contendo algumas variações, principalmente no vocal que passeia entre o rasgado e o gutural além do limpo(esse ultimo feito pelo baixista Rodolfo Ferreira); em “The Legion Marches On” temos mais um ataque mortal, riffs cortantes e a bateria como sempre massacra; “Nameless Servants of Damnation” começa brutal porém depois da uma pisada no freio, não chega a ser cadenciada e ainda conta com belos arranjos e melodias; “On Darkest Wings” começa com uma bela melodia que no refrão fica ainda mais incrível com o mesmo sendo vociferado pelos dois vocais (limpo e rasgado), a dupla de guitarristas são máquinas de fazer riffs; “Haeretic” começa cadenciada mas depois deslancha na brutalidade com a bateria parecendo uma metralhadora e riffs cortantes, até que volta a cadência. Puta ataque brutal; a faixa título é a confirmação de todo o poderia da banda, ataque brutal e variado que mostra o entrosamento dos músicos, assim como a criatividade na arte de fazer metal extremo; para encerrar vamos de “Blood Harvest” que traz a banda mais direta mas ainda assim com os toques peculiares das anteriores. Além do músico já citado a banda ainda conta com Flávio Gonçalves (vocal), Raphael Casotto e Rafael Morais (guitarras) e Jean Secca (bateria).
2016 ficou para trás e é indiscutível que foi um ano que rendeu bons frutos ao metal nacional, álbuns como esse é a prova disso, muita coisa boa foi lançado e 2017 já ta prometendo. O Dark Tower tá em alta na cena, além da repercussão do álbum, ainda estão fazendo vários shows pelo Brasil e só tem a ir mais longe pois a banda é competente e profissional no que faz e não deixa nada a desejar. Vida longa!

Assista ao Lyric Video de “Destroy the House ov Ha'shem”:


Músicas
1. Eight Paths - Initiation
2. Destroy the House of Ha'shem
3. Burn the Pyre
4. The Legion Marches On
5. Nameless Servants of Damnation
6. On Darkest Wings
7. Haeretic
8. Eight Spears
9. Blood Harvest


Integrantes:
Flávio Gonçalves (vocal)
Raphael Casotto (guitarra)
Rafael Morais (guitarra)
Rodolfo Ferreira (baixo)
Jean Secca (bateria)

Acompanhe DarkTower através das redes:
www.facebook.com/darktowermetal
http://twitter.com/darktowermetal
http://www.reverbnation.com/darktower
http://www.youtube.com/user/darktowertv

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.