Forkill - "Breathing Hate" (Rio de Janeiro/RJ) (CD) (2013)


O Forkill carrega em seu som aquela pegada genuinamente brasileira, áurea criada pelas bandas percursoras do estilo em nosso país, claro que é impossível não obter influências vindas da cena alemã ou bay área, mas a pegada do thrash tupiniquim é bastante evidente. A banda foi formada em 2010 e dispõe de apenas um material em sua discografia, falo do debut full intitulado “Breathing Hate” que foi lançado em 2013. Esse material nos apresenta uma banda muito coesa e segura de sua proposta, músicas muito bem elaboradas e bem arranjadas, algumas mais variadas, outras mais diretas, uma produção bastante satisfatória, a arte de capa bem direta e centrada no conceito do álbum, enfim, tudo isso fez com que esse material tivesse se tornado marcante.
A timbragem da distorção casou demais com a proposta e já na faixa título (que vem depois de uma intro intitulada “Frequency Of War”) já é possível ter ideia do que vem pela frente, riffs crus e diretos, cozinha massacrante e o vocal grave/rouco muito bem encaixado na proposta; “Vendetta”, outra que é altamente recomendada, com seus riffs marcantes nos apresenta uma banda inspirada; a quarta faixa é outra intro intitulada “Call To The War”; logo depois ouvimos “War Dance”, que começa com os riffs característicos e uma pegada cadenciada porém com algumas variações mais rápidas. Essa que é a faixa mais longa do disco; “No Rules” mostra um belo entrosamento entre as duas guitarras, também segue a linha cadenciada e dispõe de um refrão bastante marcante; Seguindo vamos com “The Joker”, começa singela e depois parte pra uma pegada segura e com um refrão bem grudento além dos ótimos solos de guitarras; depois de uma breve prelúdio eis que surge “Brainwashed” de início tímida mas ao decorrer do tempo vai se tornando sólida e bastante indispensável; a próxima se chama “Radio” e é mais uma intro; e para finalizar nada melhor que um cover, e muito foda por sinal... Cover do Robertinho De Recife com a música “Metal Mania” e com a participação do próprio que também ficou a cargo da produção do disco. O único ponto negativo o exagero na quantidade de intros.
Quem curte thrash na linha Anthares, Dorsal Atlântica, Attomica, Taurus irá se deliciar com esse debut. Gus "Guzzy" NS (baixo), Ronnie Giehl (guitarra), Joe Neto (guitarra e vocal) e Marc Costa (bateria) conseguiram fazer com que esse material ficasse registrado de uma forma positiva na cena, e o que não compreendo é o fato de já não terem lançado um outro. Vida longa!

Assista ao video clipe de “Breathing Hate”:


Músicas:
01. Frequency of Fear (intro)
02. Breathing Hate                    
03. Vendetta                
04. Call to the War (intro)
05. War Dance             
06. No Rules                
07. The Joker               
08. Brainwashed                       
09. Radio (intro)
10. Metal Mania (Robertinho de Recife - Feat Stress)


Integrantes:
Joe Neto (Vocais, guitarras
Ronnie Giehl (Guitarras)
Gus "Guzzy" NS (Baixo)
Marc Costa (Bateria)

Acompanhe Forkill através das redes:
https://www.facebook.com/forkill.thrash
https://www.youtube.com/channel/UCAhkgCZdBjKgL3d41bHQHww

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.